TODO DIA É O DIA MAIS IMPORTANTE


BOM DIA!! acordei hoje toda feliz..mas ao abri a cortina vi q o tempo estava ruim ,para não dizer péssimo,odeio esse tempo frio ,chuvoso [sou carioca então ta explicado neh]mas ...quem faz o dia ficar lindo é nois mesmo..então abri a cortina,só a cortina por causa da chuva e fiquei de longe contemplando a mãe natureza,como ela é perfeita...
Pensei comigo ..como posso fazer para meu dia ser maravilhoso ??,FAZER dele um dia importante já que provavelmente eu fiquei em casa sem nada p fazer num dia desse..bem para ser o dia mais importante não precisa ser o dia do meu casamento e muito menos o dia do nascimento do meu filho ou de qual quer ocasiões que ,de tanto idealizarmos ,acabam gerando expectativas á quais a realidade quase nunca consegue responder"" ouvi isso num filme ,desde então ,muito me tem agradado a ideia de pensar que todos os meus dias,por mais pacatos que sejam ao amanhecer,são capazes de me reservar acontecimentos que mudarão o rumo da minha trajetoria.Eu sei,eu sei:tais eventualidades tanto podem ter o doce sabor de uma oportunidade de trabalho maravilhosa quanto o amargo paladar da constatação de uma doença grave.Mas tudo bem;estou falando do dia mais IMPORTANTE ,não do MELHOR DIA.assim sendo não só abro a janela para poder entrar o cheirinho de terra molhada..como abro o meu peito para entrar a sorte que costuma tratar bem os otimistas de nascença
e que seja bem vindo MAS UM DIA IMPORTANTE NA MINHA VIDA

EU TOMBO MAIS NÃO CAIO


TINHA TUDO PARA SER MAIS UMA FESTA IGUAL A QUAL QUER OUTRA QUE SOU CONVIDADA, A NÃO SER PELO SIMPLES FATO DE SER DE UMA PESSOINHA QUE AMO MUITO.
A FESTA ESTAVA LINDA, A PISTA LOTADA AS LUZES PERFEITAS E O DJ CONTAGIANDO COM O SEU REPERTÓRIO
A PISCINA ESTA COBERTA COM CENTENAS DE BOLAS COLORIDAS, UM TELAO ENORME TUDO PERFEITO “QUASE TUDO “
AS POUCAS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA DA MÃE ESTAVA JURURU [POR CAUSA DE UMA PERDA RECENTE NA FAMÍLIA] MAS NÃO TINHA COMO ADIAR UMA FESTA DESSA IMPONEMCIA
CHEGANDO A FESTA MUITO ME OLHAVAM::NORMAL AFINAL EU ESTAVA COM UM DECOTE GENEROSO[O QUE É BONITO É PARA SE MOSTRAR KKK BEM ..PENSAVA EU NA MINHA HUMILDE GENUIDADE
NO FIM DA FESTA QUE EU VIM SABER PORQUE TODOS ME OBSERVA-VÃ OU QUASE TODOS {PELO MENOS AQUELES QUE NÃO ME CONHECIAM}.PENSAVAM ELES QUE EU ESTAVA “”PEGANDO””{EM LINGUAGEM POPULAR}UM ADOLESCENTE QUE CHEGARA COMIGO DE MÃOS DADAS, A PESSOA VIROU E DISSE :TÁ PEGANDO??A OUTRA RETRUCOU::SÓ SE FOR PARA ACABAR DE CRIAR{RISOS}
COMO AS PESSOAS TÊM A MENTE POLUÍDA
DEPOIS DIZEM QUE VIVEMOS NUM PAÍS LIVRE DE PRECONCEITOS
SÃO TODOS UNS HIPÓCRITAS
BEM VOLTANDO AO TITULO DESSA POSTAGEM,ESTAVA INDO TUDO MUITO BEM ATE QUE A MÃE DO ANIVERSARIANTE BEBEU UM POUQUINHO DA CONTA ...COMO DIZEM AS MAUS LÍNGUAS {ENTORNOU TODAS}
NÃO ME DIVERTI DA MANEIRA QUE ESPERAVA ,PORQUE ESTAVA CORRENDO ATRÁS DA ANFITRIÃ DA FESTA ,E ELA SEMPRE REPETINDO A FAMOSA FRASE
NÃO ESQUENTA DINDA EU TOMBO MAS NÃO CAIO
NÃO CONSIGO CONTAR AS INÚMERAS VEZES QUE ELA ESCORREGOU SENDO CADA UMA MAIS HILÁRIA DO QUE A OUTRA .O PONTO ALTO DA FESTA FOI A HORA DO PARABÉNS ,ENQUANTO TODOS BATIAM PALMA E CANTAVA A IRMÃ DELA COLOCAVA BRIGADEIRO NA SUA BOCA PARA CORTAR O ÁLCOOL RSRS
MAS A FESTA FOI BOA ,PUDE REVER VELHOS AMIGOS ,UNS CASADOS ,OUTROS SOLTEIROS,OUTROS NO SEGUNDO CASAMENTO E TINHA UMA QUE ESTA NO SEU QUARTO MATRIMONIO{ESSA NINGUÉM PODE NEGAR : CORRE MESMO ATRÁS DA FELICIDADE }UNS COM LINDOS HERDEIROS OUTROS AINDA SEM .LEMBRAMOS DE 5,10,15 ANOS ATRÁS

FOI BOM VOLTAR AO TÚNEL DO TEMPO
QUE SAUDADES!!!!


A SAUDADE É UMA DAS EVIDENCIAS DE NOSSA EXISTÊNCIA

BEIJOS 1000

A importância dos comentários.

Hoje em dia, um blog é uma ferramenta de comunicação importantíssima para a internet, nos blogs, você pode encontrar informações e opiniões sobre os mais variados assuntos, e interagir com o blogueiro através do sistema de comentários do blog.

Os comentários são importantes para que o blogueiro conheça a opinião dos visitantes do blog e, ao contrário de um jornal, os leitores podem ajudar o blog com mais informações e opiniões sobre o texto escrito.

No blog Meiobit, por exemplo, os comentários são tão importantes quanto o texto escrito. Além disso, a quantidade e a qualidade dos comentários definem quem e quantos são realmente as pessoas que acessam seu blog.

Nos blogs regionais, como o blog de Fred Menezes ou de Simorion Matos, os comentários também são importantes, mas são menos freqüentes, devido ao menor número de visitas, além da cultura dos visitantes, que estão acostumados com jornais como o Vitrine do Cariri que não aceita comentários, acabaram acostumando o usuário a não expressar sua opinião sobre as notícias.

Tão importante quanto o comentário é a resposta do autor, caso o conteúdo do comentário seja relevante, pois é comum encontrar comentários do tipo “Legal” ou “chato”, ou ainda comentários de pessoas anônimas falando qualquer idiotice querendo ser o dono da razão, ou seja, é comum quando você faz uma crítica a algo, alguém comentar “Vosse tem inveja” , ou algo do tipo. Esse tipo de comentário não merece ser respondido, afinal um dos lemas de fórum, blogs e afins é “Não alimente os Trolls”, (pessoa que fala muita porcaria nos foruns, blogs, sites etc,).

Se você lê um texto, e tem uma opinião relevante, comente. Se você tem um blog e recebeu um comentário, responda com uma opinião relevante.

Fonte: Guz's Blog

* Chapeuzinho Vermelho Brasileira *



Se a história da Chapeuzinho Vermelho fosse verdade, como ela seria contada na imprensa no Brasil? Veja as diferentes maneiras de contar a mesma história.


Jornal Nacional

(William Bonner): 'Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem...'

(Fátima Bernardes): '...mas a atuação de um caçador evitou a tragédia.'


Programa da Hebe

'...que gracinha, gente! Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo?'


Cidade Alerta

(Datena): '...onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? Cadê as autoridades? A menina ia pra casa da vovozinha a pé! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva... um lobo, um lobo safado. Põe na tela, primo! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo, não!


Superpop

(Luciana Gimenez): 'Geeente! Eu tô aqui com a ex-mulher do lenhador e ela diz que ele é alcoólatra, agressivo e que não paga pensão aos filhos há mais de um ano. Abafa o caso!'


Globo Repórter

(Chamada do programa): 'Tara? Fetiche? Violência? O que leva alguém a comer, na mesma noite, uma idosa e uma adolescente? O Globo Repórter conversou com psicólogos, antropólogos e com amigos e parentes do Lobo, em busca da resposta. E uma revelação: casos semelhantes acontecem dentro dos próprios lares das vítimas, que silenciam por medo. Hoje, no Globo Repórter.'


Discovery Channel

Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver.


Revista Veja

Lula sabia das intenções do Lobo.


Revista Cláudia

Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho.


Revista Nova

Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama!


Revista Isto É

Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente.


Revista Playboy

(Ensaio fotográfico do mês seguinte): ' Veja o que só o lobo viu'.


Revista Vip

As 100 mais sexies - desvendamos a adolescente mais gostosa do Brasil!


Revista G Magazine

(Ensaio com o lenhador) 'O lenhador mostra o machado'.


Revista Caras

(Ensaio fotográfico com a Chapeuzinho na semana seguinte): Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS: 'Até ser devorada, eu não dava valor pra miutas coisas na vida. Hoje, sou outra pessoa.'


Revista Superinteressante

Lobo Mau: mito ou verdade?


Revista Tititi

Lenhador e Chapeuzinho flagrados em clima romântico em jantar no Rio.


Folha de São Paulo

Legenda da foto: 'Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador'. Na matéria, box com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Chapeuzinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.


O Estado de São Paulo

Lobo que devorou menina seria filiado ao PT.


O Globo

Petrobrás apóia ONG do lenhador ligado ao PT, que matou um lobo para salvar menor de idade carente.


O Dia

Lenhador desempregado tem dia de herói


Extra

Promoção do mês: junte 20 selos mais 19,90 e troque por uma capa vermelha igual a da Chapeuzinho!


Meia hora

Lenhador passou o rodo e mandou lobo pedófilo pro saco!



O Povo

Sangue e tragédia na casa da vovó.



Wagner Montes

Agora vejam só vocês meu amigo telespectador, minha dona de casa que nessa hora está cuidando do lar, arrumando as crianças para a escola..... vejam só esse covarde de codinome Lobo..... que se acha todo malandrão.... PRA CIMA DELE MINHA POLIÇADA !!!! Alô minha rapaziada da Civil, alô comandante do CORE, aquele abraço, alô meu pessoal do 16º, 22º.... É PRA ARREGASSAR MESMO!!! Bota a cara dele aí na tela produção.... Bota na tela aí.... ESCRAAAAAAAAACHA !!!!!!!!!!

A Minha felicidade não é a sua



O mais recente livro de Carlos Moraes, o ótimo "Agora Deus vai te pegar lá fora", há um trecho em que uma mulher ouve a seguinte pergunta de um major: "Por que você não é feliz como todo mundo?" A que ela responde mais ou menos assim: "Como o senhor ousa dizer que não sou feliz? O que o senhor sabe do que eu digo para o meu marido depois do amor? E do que eu sinto quando ouço Vivaldi? E do que eu rio com meu filho? E por que mundos viajo quando leio Murilo Mendes? A sua felicidade, que eu respeito, não é a minha, major."

E assim é. Temos a pretensão de decretar quem é feliz ou infeliz de acordo com nossa ótica particular, como se felicidade fosse algo que pudesse ser visualizado. Somos apresentados a alguém com olheiras profundas e imediatamente passamos a lamentar suas prováveis noites insones causadas por problemas tortuosos. Ou alguém faz uma queixa infantil da esposa e rapidamente decretamos que é um fracassado no amor, que seu casamento deve ser um inferno, pobre sujeito. É nestas horas que junto a ponta dos cinco dedos da mão e sacudo-a no ar, feito uma italiana indignada: mas que sabemos nós da vida dos outros, catzo?

Nossos momentos felizes se dão, quase todos, na intimidade, quando ninguém está nos vendo. 0 barulho da chave da porta, de madrugada, trazendo um adolescente de volta pra casa. O cálice de vinho oferecido por uma amiga com quem acabamos de fazer as pazes. Sentar-se no cinema, sozinho, para assistir ao filme tão esperado. Depois de anos com o coração em marcha lenta, rever um ex-amor e descobrir que ainda é capaz de sentir palpitações. Os acordos secretos que temos com filhos, netos, amigos. A emoção provocada por uma frase de um livro. A felicidade de uma cura. E a infelicidade aceita como parte do jogo — ninguém é tão feliz quanto aquele que lida bem com suas precariedades.

O que sei eu sobre aquele que parece radiante e aquela outra que parece à beira do suicídio? Eles podem parecer o que for e eu seguirei sem saber de nada, sem saber de onde eles extraem prazer e dor, como administram seus azedumes e seus êxtases, e muito menos por quanto anda a cotação de felicidade em suas vidas. Costumamos julgar roupas, comportamento, caráter — juizes indefectíveis que somos da vida alheia — mas é um atrevimento nos outorgar o direito de reconhecer, apenas pelas aparências, quem sofre e quem está em paz.

A sua felicidade não é a minha, e a minha não é a de ninguém. Não se sabe nunca o que emociona intimamente uma pessoa, a que ela recorre para conquistar serenidade, em quais pensamentos se ampara quando quer descansar do mundo, o quanto de energia coloca no que faz, e no que ela é capaz de desfazer para manter-se sã. Toda felicidade é construída por emoções secretas. Podem até comentar sobre nós, mas nos capturar, só com a nossa permissão.
Revista O GLOBO, 16/01/2005

beijos 1000

SER MULHER NAO É FÁCIL

DEPILAÇAO CAVADINHA

“Tenta sim. Vai ficar lindo.”

Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve.

Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.

- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?

Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.

- Cavada mesmo.
- Amanhã, às... Deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.

Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de Calígula com O Albergue. Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.

- Querida, pode deitar.

Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.

- Quer bem cavada?
_..é... é, isso.

Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.

- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.

Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).

- Pode abrir as pernas.
- Assim?

Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.

- Arreganhada, né?

Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha Virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar. Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural. Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.

- Tudo ótimo. E você?

Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter
aprendido a ser simpática para manter clientes. O processo medieval
continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas
recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinhas.

- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.

Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.

- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.

Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.

- Olha, tá ficando linda essa depilação.
- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto.

Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. "Me leva daqui, Deus, me teletransporta". Só voltei à terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.

- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
-Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.

Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe de arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.

- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.

Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei
esperando novas ordens.

- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.

Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:

- Tudo bem, Pê?
- Sim... sonhei de novo com o cu de uma cliente.

Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá?
Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.

- Vira agora do outro lado.

Porra.. por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.

- Penélope, empresta um chumaço de algodão?

Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais,
vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.

- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Tá, passa essa merda...
- Baixa a calcinha, por favor.

Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao cu. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.

- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.

Namorar...namorar... eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada.

Filha da p*ta foi a mulher que inventou a "cavadinha".

autor desconhecido

A UNICA CETEZA QUE TEMOS É QUE UM DIA IREMOS MORRER

Creio que este texto será lido em aproximadamente três minutos. Pois bem: segundo as estatísticas, neste espaço de tempo irão morrer 300 pessoas, e outras 620 nascerão.

Talvez eu demore meia-hora para escrevê-la: estou concentrado no meu computador, com livros ao meu lado, idéias na cabeça, carros passando lá fora. Tudo parece absolutamente normal à minha volta; entretanto, durante estes trinta minutos, 3.000 pessoas morreram, e 6.200 acabam de ver, pela primeira vez, a luz do mundo.

Onde estarão estas milhares de famílias que apenas começaram a chorar a perda de alguém, ou rir com a chegada de um filho, neto, irmão?

Paro e reflito um pouco: talvez muitas destas mortes estejam chegando no final de uma longa e dolorosa enfermidade, e certas pessoas estão aliviadas com o Anjo que veio buscá-las. Além do mais, com toda certeza, centenas destas crianças que acabam de nascer serão abandonadas no próximo minuto.

Que coisa. Uma simples estatística, que olhei por acaso - e de repente estou sentindo estas perdas e estes encontros, estes sorrisos e estas lágrimas. Quantos estão deixando esta vida sozinhos, em seus quartos, sem que ninguém se de conta do que está acontecendo? Quantos nascerão escondidos, e serão abandonados na porta de alguém ou conventos?

Reflito: já fui parte da estatística de nascimentos, e um dia serei incluído no numero de mortos. Que bom: eu tenho plena consciência de que vou morrer. entendo que – embora a vida continue, e sejamos todos eternos – esta existência vai acabar um dia.

As pessoas pensam muito pouco na morte. Passam suas vidas preocupadas com verdadeiros absurdos, adiam coisas, deixam de lado momentos importantes. Não arriscam, porque acham que é perigoso. Reclamam muito, mas se acovardam na hora de tomar providências. Querem que tudo mude, mas nois mesmos se recusam a mudar.

Se pensassem um pouco mais na morte, não deixariam jamais de dar o telefonema que está faltando. Seriam um pouco mais loucas. Não iam ter medo do fim desta encarnação – porque não se pode temer algo que vai acontecer de qualquer jeito.
Espero que voces nao tenha se assustado com o titulo seria bobagem porque todos nós, cedo ou tarde, vamos morrer. E só quem aceita isso está preparado para a vida.
beijos 1000

Antes se julgava o" tamanho" ,agora é o tempo rsrs"


“Foi bom pra você?” “O que?”

Uma pesquisa divulgada na semana passada diz que o melhor sexo é o que dura entre 7 e 13 minutos. Segundo alguns pesquisadores, até mesmo 3 minutos já são “adequados”. Os resultados foram baseados em levantamentos sobre o que os acadêmicos dos Estados Unidos e Austrália pensam sobre o tempo ideal de penetração. Segundo eles, abaixo de 13 minutos é muito pouco e acima, muito longo. O estudo, publicado na revista especializada “Journal of Sexual Medicine” tem o objetivo de “tirar expectativas irreais de que o sexo deve ter uma longa duração”. Eu, como mulher-não-acadêmica (certeza que só homem respondeu a essa pesquisa) discordo. Pra começar, se a pessoa precisa ficar contando os minutos pra acabar o sexo, é melhor nem começar. Além disso, a maioria das mulheres não sofre de ejaculação precoce, pelo contrário, a dificuldade é conseguir chegar ao orgasmo, o que na maioria dos casos, leva um certo tempo. Sendo assim, já que é pra estipular um tempo, fico com os norte-americanos, que acham que o ideal é entre 15 e 20 (daí pra mais). E você, concorda com os pesquisadores?

ELES PREFEREM A "gostosas"

atrair3Quem é atraente para você? Para os homens, as respostas tendem a coincidir. Já para as mulheres, pode variar bastante. É o que sugere um estudo realizado pelo psicólogo Dustin Wood, da Universidade de Wake Forest, na Carolina do Norte (EUA).
Enquanto a maioria dos homens valoriza magreza e sedução no sexo oposto, as mulheres têm gosto variado, de acordo com pesquisa feita nos EUA.
Há mais consenso entre os homens sobre o que chama atenção em uma mulher. As mulheres teriam um gosto, digamos, mais eclético.
Na pesquisa, o julgamento dos homens foi baseado principalmente em aspectos físicos, e eles classificaram melhor as mulheres magras e sedutoras. Muitos deles também deram notas altas para mulheres que pareciam confiantes.
De um modo geral, as mulheres mostraram preferência pelos homens magros e musculosos, mas houve vários pontos de discórdia. Muitos homens considerados nada atraentes por algumas receberam boas notas de outras mulheres.
Segundo Wood, isso indica que as mulheres podem lidar com uma ‘competição’ menor na hora de investir nos homens que consideram mais interessantes. Já os homens devem fazer um esforço maior, porque é bem provável que todos os seus colegas também se interessam pela sua musa.
O psicólogo também pondera que os resultados do estudo ajudam a explicar por que as mulheres têm tanta obsessão em manter a forma, o que traz o risco de desenvolver transtornos alimentares como anorexia e bulimia.
Outro dado interessante da pesquisa foi que os voluntários mais velhos tenderam a achar mais atraentes os homens e mulheres que sorriam nas fotos. Ou seja, com o passar da idade, outros aspectos além de bunda, são valorizados.
Como a pesquisa, foi realizada nos EUA, consideraremos que lá os padrões de beleza valorizados, por pessoas comuns, são diferentes dos nossos, que somos brasileiros. Aqui, com certeza absoluta, os homens preferem o estilo gostosa, nem magra e nem gorda, que tenha corpão, etc. Isso generalizando.
Já a opinião feminina, acredito que seja mesmo eclética, em qualquer lugar. Eu abomino exagero na massa muscular, já outras mulheres amam, e assim por diante, ca entre nois homem para mim ter que ser inteligente e cheiroso isso p mim serve como um afrodiziaco isso me atrai muito mais que beleza física.

TEM COISAS Q PRECISAM SER DITAS

Nem sempre é fácil dizer aquilo que sentimos, por dois motivos ;as x somos obrigados a engoli sapos e,em outras situações simplesmente não conseguimos colocar em palavras as emoções que temos por alguém ., O tempo o medo as preocupações cotidianas, infelizmente nos fazem esquecer da importância de botarmos para fora nossas sensações sejam boas ou ruins pois esta na hora de pensarmos mas nisso afinal escondê-las pode provocar estresse ,ansiedade tristeza etc etc [E OLHA Q EU ENTENDO BEM DISSO ] então eu proponho procuramos a pessoa e dizer a ele ,o quanto ele é importante em sua vida ,fale p ele como você se sentiu quanto você ficou triste com a sua atitude ou ate mesmo com a ausência da mesma .Poriso tente ser feliz hoje;afinal estamos aqui só de passagem

VIVA A FELICIDADE

BEIJOS 1000

Imaginem se acabarem as maquiagens...‏

PENELOPE CRUZ
GISELLE
JESSICA SIMPSON
CAMERON DIAS
BEYONCE
BRITNEY SPEARS GOLDIE HAWN
NICOLE KIDMAN
PAMELA ANDERSON
SHARON STONE
ANAHI... sou mt fã dela

Aqui nessas fotos temos uma pequenas amostras de mulheres Que o meio de comunicações dizem ser as super poderosas ..na verdades não passam de mulheres normais...O que a maquiagem não faz,e um ótimo programa de photoshop Nao é mesmo???Nunca devemos querer nos comparar as essas mulheres ditas as [AS PODEROSAS]Nada mais que natural nois mulheres [NORMAIS] ser um pouquinho acima do peso ,ter estrias ,celulite coisa de mulher rsrsrs .Como diria meu professor [DOCINHO] carinhosamente cognominado ocultamente por mim e minhas irmãs por ser uma pessoa muito doce... O IMPORTANTE É SER FELIZ E NOS ACEITAMOS DA MANEIRAS QUE SOMOS

BEIJOS 1000


Somos uma pequena poeira nesse universo

Hoje fiquei mt triste..quando acordei logo recebi um telefonema dizendo q tinha uma pessoa morta ,,na minha rua logo no caminho da padaria ,,logo vocês imaginam que fiquei sem tomar café nessa manha .. Todos que me conhecem sabe q eu não desceria de casa hoje pois não gosto de ver esses tipo situações fico logo impressionada tudo bem ..passou logo o dia ,não procurei saber quem foi q morreu e mt menos quem matou ..por q ultimamente estou procurando evitar tudo q me deixa triste bani da minha vida tele jornal ,documentário etc etc sei que estou errada ,todos nois temos que estamos atualizados sempre,mas assim sinto que fico menos triste é uma maneira de me auto proteger.

Voltando ao assunto acima..logo chegou a noite e eu tive que ir ao mercado ...quando passei na rua fiquei logo espantanda a rua de trás da minha casa e como fosse rua da lapa [lapa é um bairro daqui do rio mt famoso por ter uma diversidade de ritmo} aqui também é assim um lado pagode ,outro forro , seresta etc etc um do lado do outro .e todas as casas estavam aberta funcionando normalmente foi ai que pensei somos apenas poeira nesse mundo podre procurei saber quem era ele .. me disseram que ele era um rapaz jovem ,trabalhador e pai de familia foi morto por mecher com mulher dos outros ..mas todos faziam questão de salientar q a mulher era casada e ele estava errado por fazer aquilo mas se a mulher era casada o que ela fazia numa seresta as 5 horas da manha??/ e o jovem...se era pai de família o q fazia tambem altas hora nas baladas??? Aposto que a esposa dele acabou adormecendo de cansada esperando ele ate altas horas por ele ou ate então estava em casa de uma lado para outro esperando sua chegada preocupada com a sua demora ..sei que nada justifica tirar a vida de um ser humano mas se ele estivesse em casa do lado da sua família estaria vivo hoje ...e a tal mulher casada q estava na seresta estivese em casa com seu marido tinha evitado uma tragédia e seu marido não seria hoje um assassino .Isso tudo me deixa muito pensativa e triste,Hoje estou em casa de repouso pois estou me recuperando de uma distensão muscular e como tenho q ficar deitada não tive outra opção do q ver TV e conseqüentemente ver tele jornal uma reportagem de um casal q chacinou uma familia de 7 pessoas por causa de uma divisão de um frango..isso msm uma ave mas não quero falar sobre isso .. agora tenho q ir dormir bem vou tentar ...

BEIJOS 1000

O que é autismo??



Autismo é uma complexa desordem neurobiológica que tipicamente dura a vida inteira ( tipicamente porque tem sido relatados casos com tratamentos intensivos em que algumas crianças conseguiram sair do espectro). É parte de um grupo de desordens conhecido como Desordens do Espectro Autista. As outras quatro desordens do espectro são: a Síndrome de Asperger, a Síndrome de Rett (conforme novas informações do VII Congresso Brasileiro de Autismo, esta síndrome já está sendo retirada do espectro por apresentar características muito próprias), a Desordem Invasiva do Desenvolvimento e a Disordem Desintegrativa da Infância. O Autismo acontece em todas as raças, etnias e grupos sociais e é quatro vezes mais comum em meninos do que meninas. Hoje, 1 em cada 166 indivíduos é diagnosticado com autismo nos EUA, tornando essa desordem mais comum do que o câncer infantil, a diabetes e a AIDS reunidos.

Embora não se conheça ao certo as origens, sabe-se que a predisposição genética aliada a fatores ambientais, é o gatilho para o aparecimento dos sintomas.

Os sintomas podem variar dos muito leves aos muito severos com comprometimentos na socialização, comunicação e imaginação (interesses), desde o retardo mental severo à inteligência normal com habilidades muito acima do normal em algumas áreas.

Os distúrbios na área da sociabilidade incluem prejuízos nos comportamentos não verbais, na interação social (ausência ou diminuição do contato ocular, gestos, expressões faciais e sinais convencionais expressivos de desejo ou emoções), impossibilidade de desenvolvimento de relações sociais apropriadas especialmente com indivíduos da mesma idade, inabilidade em compartilhar interesses e satisfação com os outros e falha na reciprocidade social emocinal.

Na área da comunicação os prejuízos incluem atraso ou ausência da fala e inadequação da linguagem. Crianças autistas podem verbalizar, mas não utilizar a fala para se comunicar. A ecolalia, istoé, repetição imediata ou tardia de sons e discursos ouvidos, é uma manifestação muito comum, assim como a utilização de frases de músicas ou comerciais utilizadas no contexto exato para se comunicar. Nos indivíduos verbais falta a habilidade de iniciar ou manter uma conversa. Com frequência a linguagem apresenta-se repetitiva e esteriotipada. As brincadeiras imaginativas e atividades sociais são restritivas ou até mesmo ausentes.

Símbolo para a Conscientização do Autismo.

Este quebra-cabeça representa o mistério e complexidade do autismo.

As diferentes cores e formas representam a diversidade das pessoas e das famílias convivendo com a desordem.

O brilho do símbolo é o sinal da ESPERANÇA através de novas pesquisas e conhecimento para pessoas como eu e você!

VALE APENA TRAI SUA CONCIÊNCIA???


Quem numa teve uma amizade colorida ou sexamigo, que atire a primeira pedra!
Quando se trata de emoções o caso é mais complicado do que se imagina. As vezes quando acontece um rala e rola entre amigos a negação acontece com o intuito de não estragar a amizade, outras pessoas fazem uma atuação hollywoodiana de quinta mascarando os sentimentos para não perder o amigo; ou até mesmo não ficar longe do amigo-amado. Mas quando há envolvimento a amizade é abalada de qualquer maneira. A coisa muda. Não adianta falar que não muda, pois muda sim. E a amizade entra em risco quando uma das partes não sabe lidar com a situação, o resultado é – ambos se machucam.

Sejamos práticas e realistas: Forçar amizade que já não existe mais pode apenas colocar tudo a perder. Então na dúvida não faça. Se você sente-se atraída pelo seu amigo, pense bem. Veja que tudo são dois pesos e duas medidas. A Escolha é sua, mas a conseqüência será o resultado de suas escolhas. Portanto: Não fique se perguntando: - Porque isso aconteceu comigo? Ora bolas, você tem a resposta, você fez alguma ação, certo? Então bola para frente, sacuda a poeira e dê a volta por cima. Dê um tempo, coloque seus sentimentos em ordem e sja feliz!"Preocupe-se mais com sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, é problema deles".

SIMPLESMENTE ...MAÇA


Esta é uma história que eu já ouvi há muito tempo, que em algo me lembra a anedota “A Raposa e as Uvas”, e acho que será bom registrar no blog e não esquecer mais.

“Mulheres são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, ELES estão errados… (…) Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore.”

Nunca soube a autoria verdadeira desse texto. Diz o Google que é Machado de Assis. Mas não confio muito =/

E um amigo acrescentou:

“Há também homens que procuram as melhores maçãs, mas, por causa de alguns galhos podres e inevitáveis quedas no meio do caminho, demoram pra chegar até elas.”

Lindo né? Amei!